|| Resenha || Entre o Amor e o Silêncio

18 de fevereiro de 2016

Título: Entre o Amor e o Silêncio
Gênero: Romance
Autora: Babi A. Sette
Editora: Novo Século
Formatos: Capa Comum/Ebook
Avaliação: 

Sinopse: Francesca Wiggs sofreu uma grande decepção amorosa e, desde então, está decidida a não se relacionar mais. Além de se dedicar a escrever o seu livro, ela resolve preencher os dias com um trabalho voluntário – a leitura para pacientes em coma proporcionaria a ela a distância de problemas afetivos. No entanto, um grande imprevisto ocorre quando ela passa a se sentir atraída por um dos pacientes. Mitchell, descrito como um poderoso magnata, seria a antítese de tudo o que ela busca em um homem... se não estivesse em coma. Precisar de alguém inconsciente seria um absurdo, não seria? Amar uma pessoa que nunca responde parece loucura! Francesca já havia entendido e sentia-se quase segura diante disso. Mas e se Mitchell acordasse? A aproximação desses personagens tão diferentes revela um romance encantador e divertido, repleto de reviravoltas.


Comentando...

Esta história não foi uma surpresa, foi uma constatação. Foi a certeza de que iria ler uma obra excepcional. Quando li “A promessa da Rosa” fiquei surpreendida com a escrita da Babi. Com a maneira segura com que nos faz penetrar e vivenciar seus acontecimentos. Em ‘Entre o Amor e o Silencio” não foi diferente. Ela escreveu com tanta elegância e clareza, que foi impossível pra mim não ser transportada para o mundo de Francesca e Mitchel.


Nossa mocinha está triste. Decepcionada depois de uma desilusão amorosa, decide entrar de vez na produção de seu novo livro, que narra histórias de perdas descritas em cartas muito antigas, um assunto que Francesca conhece bem. Na mesma cidade mora Mitchel, um arrogante magnata, que tem sua vida paralisada após um grave acidente.

Escrever o livro acaba não sendo sufuciente para Francesca. Mesmo chateada e deprimida, ela decide entrar em um trabalho voluntário, fazendo leituras para pacientes em coma. É então que a vida dela se cruza com a de Mitchel. Dia a dia ela faz a leitura de seu livro para ele, e aos poucos também caba se apaixonando por esse homem lindo e solitário. Mas quando Mitchel acorda, Francesca percebe que ele não é o mocinho que ela idealizou.
Eu sonho com você há um ano, eu espero você há um a eternidade.

Encontros, desencontros e reencontros emocionantes, preenchem este romance que é absolutamente sentimental. Narrado em terceira pessoa, faz parecer que a história está sendo contada por alguém que participou de tudo de perto. Como o livro é grande, é possível acompanhar todas as fases dos personagens, imitando realidade de um relacionamento cheio de descobertas de ambas as partes. Os personagens evoluem e se abrem, cada um deles com o seu drama pessoal, que não são vistos como segredos, mas sim como mágoas que aos poucos são arrancadas.

Não precisamos de passado para sermos felizes, ele não nos faz falta quando estamos presentes.
E as cartas?! Ah, as cartas... Uma mais bonita que a outra... São de uma profundidade tão grande, que chegaram a me emocionar, de verdade. Essa capacidade que a Babi teve de escrever um livro dentro do outro, nos levando e nos envolvendo e nos cativando, é fascinante. Eu sou uma romântica incorrigível, então eu suspirava lendo essa história.

Se eu indico esse romance? Não. Eu não indico. Eu te aconselho a ler. Mais ainda, te aconselho a mergulhar sem medo nessa história emocionante que a Babi fez o favor de nos presentear.

:::::Quote Favorito:::::



Outra coisa: Tem capítulos extras! Esses capítulos não constam no livro e estão disponiveis somente em formato digital e no site da autora. Então, clique na imagem abaixo e confira! Não preciso dizer que é só pra quem leu o livro né?!




2 comentários