|| Resenha || Espada de Vidro

15 de abril de 2016

Título:Espada de Vidro
Título Original: Glass Sword
Série: A Rainha Vermelha (Red Queen) #2
Autora: Victoria Aveyard
Gênero: Distopia/YA
Editora: Seguinte
Formatos: Capa Comum/Ebook
Avaliação:

Sinopse: O sangue de Mare Barrow é vermelho, da mesma cor da população comum, mas sua habilidade de controlar a eletricidade a torna tão poderosa quanto os membros da elite de sangue prateado. Depois que essa revelação foi feita em rede nacional, Mare se transformou numa arma perigosa que a corte real quer esconder e controlar. Quando finalmente consegue escapar do palácio e do príncipe Maven, Mare descobre algo surpreendente: ela não era a única vermelha com poderes. Agora, enquanto foge do vingativo Maven, a garota elétrica tenta encontrar e recrutar outros sanguenovos como ela, para formar um exército contra a nobreza opressora. Essa é uma jornada perigosa, e Mare precisará tomar cuidado para não se tornar exatamente o tipo de monstro que ela está tentando deter.

Comentando...

Esperei ansiosamente por este livro. E quem me conhece sabe que quando digo ansiosamente, é uma coisa ao pé da letra. O livro anterior terminou de forma bombástica e angustiante, não tinha como aguardar a seqüência, se não fosse morrendo em um quase desespero. Quem leu ‘A Rainha Vermelha’ sabe do que eu estou falando.

Mas... “Espada de Vidro” não me conquistou 100%. E isso é uma decepção. Adoro as distopias, de verdade, e a série de Victoria Aveyard é um estouro, mas esse livro, na minha opinião deixou um pouco a desejar.

No livro anterior vemos Mare Barrow descobrir um poder impossível, o sangue dela não é compatível com tal peculiaridade, mas ainda assim ela possui um dom. Só pra entender um pouco: o mundo voltou á monarquia. Seres extraordinários governam a terra, com seus poderes surpreendentes. São humanos com dons. O que os diferencia dos “humanos normais” é o sangue: o deles é prateado. E só quem possui esse sangue é que detem o poder. Mas Mare Barrow é uma vermelha e possui um poder maior do que qualquer prateado ousou sonhar. Isso causa a maior confusão.

Não dá pra falar muita coisa da história, senão vou acabar dando milhares de spoilers, mas o que posso dizer é que cansa um pouco. O livro é mais extenso que o anterior, e Mare divaga muito sobre certas coisas. É gritante a mudança que os personagens sofrem durante a história. Cheguei a morrer de raiva da mocinha em vários momentos. O que ela tinha de destemida, determinada e benevolente se transformou em medo , insegurança e até mesmo um pouco de maldade. Ela mostrou em vários momentos alguns traços de egoísmo e imaturidade. E isso me irritou. Senti falta da maior participação dos vilões, afinal de contas, ela passa o livro inteiro tentando combate-los. E eles são vilões maravilhosos, mereciam mais espaço na trama.

Existe também um prenuncio de romance na história, mas é fraco. Tão fraco que, sinceramente nem precisava ter.

Vemos também poderes novos, batalhas, e um bocado de aventura. Isso foi muito legal. É como assistir X-Men. Apesar de algumas cenas serem confusas na explicação do cenário, o desenvolvimento foi ótimo.

O final, assim como no primeiro, foi bombástico, o que não anulou a decepção com o livro, mas amenizou um pouco. Fiquei no maior vácuo! Tipo, foi daquele jeito: “Vai mesmo acabar assim?!?!”. Sabe o que vai acontecer comigo agora? Vai começar tudo de novo. A ansiedade ao pé da letra já esta começando. Só espero que o próximo livro compense a espera.


:::::Quote Favorito:::::



Sobre a Série

"Espada de Vidro" é o segundo livro da série A Rainha Vermelha. Existem ainda dois contos: "Canção da Rainha" e "Cicatrizes de Aço", que podem ser adquiridos separados em formato digital ou juntos em formato físico em um livreto chamado "Coroa Cruel". Os livros 3 e 4 da série ainda não tem previsão de lançamento segundo a própria autora relatou em seu site.




3 comentários

  1. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  2. Senti a mesma coisa que você ao ler o livro! Gostei mais da continuação do que do primeiro.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Apesar de esperar mais, e me decepcionar um pouco com algumas coisas, ainda acredito nessa estória... vamos ver o próximo.

      Excluir