II Resenha II Única Filha

23 de maio de 2017

Título: Única Filha
Gênero: Suspense
Autor: Anna Snoekstra
Editora: Harper Collins Brasil
Formato: Físico| Ebook
Comprar: Amazon
Avaliação: 
Sinopse: Em 2003, uma adolescente de 16 anos desapareceu. Rebecca Winter estava curtindo suas férias de verão. Trabalhava em uma lanchonete, tinha uma queda por um rapaz mais velho e saía com sua melhor amiga. Mas coisas estranhas surgiam ao seu redor: ela encontrou sangue em sua cama, passou a ter surtos de amnésia, sentia-se vigiada. Ainda assim, nada disso preparou Rebecca Winter para o que estava prestes a acontecer. Onze anos depois, a garota desaparecida foi substituída. Para fugir da prisão, uma jovem mulher declara ser a adolescente desaparecida anos atrás. A impostora assume a vida de Rebecca Winter. Dorme em sua cama. Abraça seu pai e sua mãe. Aprende os nomes de suas melhores amigas. Brinca com seus irmãos. Mas a família e os amigos de Rebecca não são quem dizem ser. Enquanto se esquiva do detetive que investiga o desaparecimento de Rebecca, ela começa a se dar conta de que o criminoso ainda está à solta – e ela, correndo risco de vida.
Comentando...

O livro de estreia de Anna Snoekstra já está fazendo tanto sucesso que em breve estará nas telas de cinema.

Única Filha conta a história de Rebecca Winter que supostamente foi sequestrada quando tinha 16 anos. Então 11 anos depois a verdade sobre o desaparecimento de Bec será revelada.

Uma mulher aparece e diz ser Rebecca. Ela tem a mesma idade que Bec, os mesmos cabelos vermelhos, os olhos são iguais e para se livrar da prisão, sustenta essa mentira até conseguir ir para casa de Bec e se faz passar por ela.

Os capítulos vão se alternando entre a verdadeira Rebecca na época de seu desaparecimento e os dias atuais onde a impostora toma seu lugar na casa e na vida de sua família.

Gostei muito do livro, me prendeu do início ao fim. É um suspense intenso, pois conforme os dias vão passando, a falsa Bec começa a perceber que o que aconteceu com Rebecca pode vir a acontecer com ela também, já que coisas estranhasa deixam assustada e ela passa a desconfiar da própria família de Rebecca Winter.

O desfecho da história me surpreendeu com algo que eu realmente não esperava. Adoro livros assim e se você leu A Garota no Trem (resenha aqui), não pode deixar de ler Única Filha, um triller de suspense indispensável para os amantes do estilo.

E tem mais, como disse no início, a Universal Studios comprou os direitos de transformar o livro em filme e já tem até roteirista escalada, Erin Cressida Wilson, a mesma do filme A Garota no Trem, que também surgiu de um livro adaptado e fez barulho nas bilheterias no ano passado com Emily Blunt como protagonista.


:::::Quote Favorito:::::




Nenhum comentário

Postar um comentário